terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

INÉDITO! NO CARNAVAL 2020, A FESTA DO RISO SERÁ EM DOSE DUPLA



Oba! Está chegando o Carnaval, a Festa do Riso. E mais uma vez o Riso estará sendo homenageado, só que neste ano, de forma inédita, por duas Escolas:
Dragões da Real e Acadêmicos do Tucuruvi

O Carnaval institui uma forma de comunicação social e de abolição das formalidades e etiquetas. “O elemento que unifica a diversidade de manifestações carnavalescas e lhes confere a dimensão cósmica é o Riso, um Riso coletivo que se opõe ao tom sério e à solenidade repressiva da cultura oficial”, afirmou João Ferreira Duarte, professor da Universidade de Lisboa.

As pessoas quando brincam o Carnaval, passam a vivê-lo de acordo com sua principal regra que é a Liberdade pura e simples, pois ele é revolucionário, universal e existe para o povo. Assim como o Riso, essa é também a essência do Carnaval: capaz de aliviar as situações mais difíceis e amargas, tornando-se assim, uma verdadeira terapia em grupo.

Muitos estudiosos consideram que o Carnaval é a “segunda vida do povo”; é a “sua vida festiva”, tornando-se a “Festa do Riso”, que trás para o mesmo nível, quem o censura ou domina, apresentando situações invertidas, através das fantasias que permitem o pobre virar rico, o adulto virar bebê, o anônimo virar celebridade.

No Carnaval reina uma forma especial de contato livre entre pessoas que no dia-a-dia estão separadas por barreiras intransponíveis, tais como, emprego, conta bancária, idade, etc. Assim também é o Riso: não escolhe classe social, gênero ou raça, sendo um ótimo conector de pessoas.

E Marcelo Pinto, o Doutor Risadinha, lembra que o Riso já foi destaque de algumas Escolas de Samba paulistas e cariocas. Em 2005 a Unidos do Viradouro participou do Carnaval carioca com o samba enredo: “A Viradouro é só Sorriso !” e em 2007 a Mocidade Alegre foi declarada Campeã Paulista com o samba enredo: “Posso ser Inocente, Debochado e Irreverente... Afinal, Sou o Riso dessa Gente!!!”, destacando que o Riso é a própria expressão da Alegria.

E em 2020, de forma inédita, o Riso atinge o seu ápice em dose dupla no Carnaval Paulistano, sendo destaque no grupo Especial do samba enredo da Dragões da Real com o tema: "A Revolução do Riso: A arte de subverter o mundo pelo divino poder da alegria" e no grupo de Acesso com a Acadêmicos do Tucuruvi em “Faces de Anysio, o Eterno Chico. Sorrir É e Sempre Será o Melhor Remédio!”.


O Riso também é tema de diversas músicas e marchinhas consagradas do Carnaval como a conhecida “Máscara Negra”, composta por Zé Kéti e Pereira Matos em 1967: “Tanto riso, oh / Quanta alegria / Mais de mil palhaços no salão / Arlequim está chorando pelo amor da Colombina / No meio da multidão...

Então vamos nos divertir, lembrando-se de que “Se for dirigir não beba”!

Sorria e Tenha um Bom e Divertido Dia


terça-feira, 17 de dezembro de 2019

DOUTOR RISADINHA DESTACA OS BENEFÍCIOS DE UMA BOA GARGALHADA



Doutor Risadinha doando seus 3 livros para a Laughter Yoga University - Bangalore/Índia, em mãos do Dr. Madan Kataria, seu fundador.


Bom dia Pessoas Risonhas, tudo bem com vocês? Hoje compartilho uma matéria bem legal publicada em 16/dez/19 no Portal Correio de João Pessoa/PB com o título “Saiba o que a ciência diz sobre os benefícios de dar uma gargalhada”. Concordo plenamente com a matéria, motivo pelo qual venho me dedicando por mais de 15 anos a levar os benefícios do Riso para as Empresas, através de minhas palestras. Confiram abaixo a matéria:

Compartilhar uma gargalhada genuína com um amigo ou colega de trabalho pode ser suficiente para alegrar os nossos dias, não importa o quanto nos sintamos mal. O riso é um redutor de estresse, estimulador de imunidade, ajuda o coração e constrói confiança.

O humor é um estado de ânimo e sua intensidade está relacionada com o grau de disposição e bem-estar psicológico e emocional de um indivíduo. Pode ser que em alguns momentos não seja tão fácil mante o bom humor, como no stress do dia a dia, no fim de uma semana de trabalho puxado ou quando estamos doentes, mas a verdade é que manter o bom humor ajuda e muito em várias situações da vida, seja para não se deixar abater por emoções negativas nesses momentos difíceis ou mesmo para fazer que o cotidiano seja mais leve. Enfrentara vida com um sorriso no rosto é bem mais vantajoso do que encarar os ‘problemas’ com tristeza ou um ar de derrota.

Continue lendo para saber mais sobre os surpreendentes benefícios do humor.

#1 O riso é um sinal de boa vontade para com os outros
Por que rimos? De acordo com um estudo de 2010 da ComplementaryandAlternative Medicine, da BMC, risos e sorrisos geralmente são considerados uma mensagem de boa vontade. Os autores extrapolam que há uma função semelhante em primatas, que usam expressões faciais com dentes à mostra para sugerir simpatia e sociabilidade.

Os autores do estudo escrevem: “Como algumas formas de sorrir são voluntárias e facilmente falsificadas, acredita-se que o riso, que exige uma contração mais sinérgica da musculatura, tenha evoluído nos seres humanos para expressar uma mensagem segura e de proteção aos outros”.

#2 Rir reduz a ansiedade e outras emoções negativas
Imagine um investidor ávido que vê suas ações despencarem. Ou um apostador que não teve muita sorte no começo. Além da ansiedade, a raiva, decepção, fúria etc. podem desequilibrar a vida que qualquer indivíduo. Mas, em meio à turbulência, soltar aquela gargalhada pode ser o remédio mais acessível e barato, conforme trouxe um estudo.

Realizado em 1990 no Psychological Reports, o estudo analisou os efeitos do riso na ansiedade induzida por ameaças. Pesquisadores levaram 53 estudantes universitários a acreditar (falsamente) que receberiam um choque elétrico após um período de espera. Os sujeitos do grupo experimental ouviram uma gravação de comédia enquanto aguardavam o choque. O grupo placebo ouviu uma fita não humorística e o grupo controle não ouviu nenhuma fita. O grupo que escutou a comédia relatou que a ansiedade diminuiu durante o período antecipado, e aqueles com maior nível de senso de humor apresentaram a menor ansiedade relatada.

#3 Os sorrisos são ótimos para aumentar a imunidade
No início da temporada de gripes e resfriados, pode ser uma boa ideia praticar alguma terapia do riso, pois vários estudos demonstraram o poder imunológico de uma boa risada. Em um estudo de 2015 sobre puérperas no Journal of Alternative and Complementary Medicine, os pesquisadores testaram o leite materno expresso à mão quanto à dose de imunoglobulina (IgA, anticorpos que desempenham um papel importante na função imunológica) antes e depois da terapia do riso.

Duas vezes por semana, os participantes se envolviam em “rotinas de riso”. Mães que participaram da terapia do riso viram um pequeno aumento na IgA. No entanto, mesmo uma pequena quantidade foi significativa para os pesquisadores, já que no período pós-parto o IgA vai diminuindo gradualmente (seu maior nível é logo na primeira hora após o parto, no colostro).

Portanto, reúna os amigos e conte piadas, assista a filmes de comédia, leia histórias engraçadas, e veja graça nas situações desconfortáveis da vida! Você estará dando a si mesmo um remédio natural e totalmente grátis!

E para finalizar, não se esqueçam de me ajudar na divulgação desta matéria, tornando-se também, SEGUIDORES do blog Espaço do Riso, para acompanhar tudo o que rola sobre os benefícios que o Riso e Bom Humor proporcionam à nossa saúde e relacionamentos pessoais e profissionais.

Sempre que precisar realizar eventos motivacionais, lembre-se de Marcelo Pinto – www.palestrantedobomhumor.com.br ! Desenvolvemos palestras e treinamentos criativos e com uma das melhores relações investimento x benefício existentes no mercado.

Abraços, SORRIA E TENHA UM BOM E LUCRATIVO DIA ®

ATENÇÃO! O Blog Espaço do Riso não tem como objetivo diagnosticar ou tratar qualquer tipo de doença ou problemas físicos. Os artigos do blog são extraídos da própria internet, jornais e revistas. "Eles não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas".

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

DOUTOR RISADINHA REFORÇA: DEVEMOS RIR COM AS PESSOAS E NÃO DAS PESSOAS

Olá Pessoas Risonhas, tudo bem? O artigo que separei hoje para compartilhar com vocês foi escrito por Roberto Magalhães com o título “Rir de quem?” e publicado hoje (01/11/19) no site www.jcnet.com.br . Segue abaixo na íntegra para conhecimento e deleite de todos:


“Coisa mais sem graça é gente sem graça. Sem humor, a cara azeda, o astral despenca e, sendo possível, o melhor é guardar distância do mal-humorado. O jornalista Marcelo Tas disse, transbordando humor, que a segunda coisa que nos dá mais prazer - depois do sexo evidentemente - é estar com uma pessoa bem humorada. Pura verdade. Humor rima com amor e, tanto quanto a atração física, é arma poderosa de conquista e sedução. Exatamente por isso, os feios bem-humorados não têm feito feio nas paqueras da vida. Por mais bonita que a cara seja, impossível se encantar com ela se vive lamuriando resmungos broxantes. Vai procurar a sua turma, cara!

O humor, todavia, não é só arma de sedução, é igualmente arma de defesa. Nietzsche dizia que "o homem, por sofrer terrivelmente neste mundo, foi obrigado a inventar o humor". Bem isso. É rindo que melhor enfrentamos as ameaças da vida. Quando acuados estamos, pressentindo o pior, a saída é destampar a garrafa da ironia. É rindo que espantamos o medo. Quem ri daquilo que teme é igual àquele que canta: também seus males espanta.

Muitos chutam o humor por levar a vida tão a sério. Tudo os incomoda e os estressa. Estão sempre esperando o pior. Desde a infância, sabemos que um dia o lobo virá, mas enquanto o Seu Lobo não vem, o melhor é continuar cantando e rindo no caminho da casa da vovozinha. Um dia a casa vai cair. Mas de que adianta mergulhar nos escombros do amanhã?

Sedução e defesa, o humor é também terrível ameaça. Não há quem não tema ser ridicularizado por um comentário irônico. Pudera, a ironia tira as tintas da nossa cara palhaça, rasga-nos a fantasia e nos deixa pelados no meio da sala. Nada pode ser pior do que erguerem a ponta do nosso tapete diante de abutres famintos.

Henry Bergson (1859/1941), filósofo francês, observou em "O Riso" que o humor é atributo essencialmente humano. Verdade. Não se tira a máscara senão do homem, porque só ele (e ninguém mais) é ridículo. Não se pode dizer ridícula uma vaca ou uma cabrita. O adjetivo é roupa humana. Disse mais, é o medo do ridículo que nos limita as excentricidades. Dizendo no popular: o medo segura a franga.

Sábio é aquele que aprende a rir de si mesmo, porque o tolo, não se enxergando, ri apenas do outro. Ao rirmos de nós mesmos, reconhecemo-nos imperfeitos, carentes, inconsequentes, medíocres, enfim reconhecemo-nos humanos. É o bastante para evitar aquela ridícula "selfie" de campeão, no sorridente pódio, com falsa taça na mão.

E para finalizar, não se esqueçam de me ajudar na divulgação desta matéria, tornando-se também, SEGUIDORES do blog Espaço do Riso, para acompanhar tudo o que rola sobre os benefícios que o Riso e Bom Humor proporcionam à nossa saúde e relacionamentos pessoais e profissionais.

Sempre que precisar realizar eventos motivacionais, lembre-se de Marcelo Pinto – www.palestrantedobomhumor.com.br ! Desenvolvemos palestras e treinamentos criativos e com uma das melhores relações investimento x benefício existentes no mercado.

Abraços, SORRIA E TENHA UM BOM E LUCRATIVO DIA ®

ATENÇÃO! O Blog Espaço do Riso não tem como objetivo diagnosticar ou tratar qualquer tipo de doença ou problemas físicos. Os artigos do blog são extraídos da própria internet, jornais e revistas. "Eles não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas".

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Doutor Risadinha: Humanização em ambientes corporativos é estratégia para maior conforto psicológico de colaboradores



Quando um colaborador está inserido em um ambiente acolhedor, e é exposto a estímulos como o riso, conversas e atividades que o fazem se manter distante do estresse corporativo, isso acaba sendo favorável para sua produtividade. 

A humanização do ambiente surge como ferramenta para manter a mente do indivíduo ligada aos estímulos adequados, isso pode se dar junto de ações, políticas ou de uma reorganização e ambientação do local de trabalho, proporcionando um conforto superior.

Sobre a humanização em ambientes corporativos

A humanização em ambientes corporativos pressupõe uma reestruturação da gestão dos departamentos e modificação da maneira como os colaboradores se relacionam. O principal objetivo dessa iniciativa é de prover um ambiente de maior produtividade, interação e colaboração. Prover espaço físico agradável é um dos primeiros passos para humanização corporativa.

Ao dar início às ações para humanização do ambiente de traalho, é preciso priorizar o conforto e acolhimento do colaborador, sempre de forma respeitosa. O primeiro passo deve ser dar mais atenção ao espaço físico, ou seja, aos móveis corporativos. Eles devem proporcionar sensação de bem-estar, tanto para o colaborador quanto para clientes e fornecedores.

O ambiente deve ser montado de uma forma que pareça leve, arejado, alegre, confortável e acolhedor. Após cumprir esse passo, é a vez de criar uma relação de comunicação eficiente entre as lideranças e demais colaboradores. Para isso, é fundamental que todos profissionais recebam as instruções adequadas sore a gestão do humor no trabalho.

Comunicação e inteligência emocional na humanização das empresas

A humanização dos ambientes corporativos deve ser um compromisso para todos os profissionais, pois se trata de uma ação desenvolvida para lidar, inclusive, com momentos de estresse. Por isso, a comunicação deve ser permeada por estratégias específicas, como olho no olho, fala calma, cordialidade e empenho para compreender como o colaborador está lidando com todo o processo.

A inteligência emocional, neste cenário, visa identificar as emoções presentes para prover uma melhor comunicação e o entendimento entre os profissionais da empresa (gestores, lideranças e colaboradores). Por meio da inteligência emocional se desenvolve empatia pelo próximo, o que é um dos pilares da humanização corporativa.

E para finalizar, não se esqueçam de me ajudar na divulgação desta matéria, tornando-se também, SEGUIDORES do blog Espaço do Riso, para acompanhar tudo o que rola sobre os benefícios que o Riso e Bom Humor proporcionam à nossa saúde e relacionamentos pessoais e profissionais.

Sempre que precisar realizar eventos motivacionais, lembre-se de Marcelo Pinto – www.palestrantedobomhumor.com.br ! Desenvolvemos palestras e treinamentos criativos e com uma das melhores relações investimento x benefício existentes no mercado.

Abraços, SORRIA E TENHA UM BOM DIA ®

ATENÇÃO! O Blog Espaço do Riso não tem como objetivo diagnosticar ou tratar qualquer tipo de doença ou problemas físicos. Os artigos do blog são extraídos da própria internet, jornais e revistas. "Eles não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas".


segunda-feira, 23 de setembro de 2019

DOUTOR RISADINHA CONFIRMA OS EFEITOS DO RISO NO TRABALHO

Boommm Diiaaaa Pessoal tudo belezinha com vocês? Hoje compartilho um artigo bem legal que vem confirmar tudo o que defendo em minhas palestras sobre a Gestão do Humor no Ambiente de Trabalho. Este artigo foi escrito pelo português Luís Freitas da Sociedade de Contabilidade e Gestão do Grupo Dupliconta, e foi publicado em 21/09/19 na seção Boa Vida do site “dnotícias.pt” com o título “Os efeitos do Riso nos Ambientes de Trabalho - Sorrir faz muito bem à nossa saúde e aos ambientes onde estamos inseridos”. Confiram abaixo na íntegra:


"Hoje decidi falar do riso e os efeitos nas equipas de trabalho, até porque gosto de rir, e neste artigo vou medir os efeitos do riso nos ambientes de trabalho nas empresas/organizações. Há quem diga que o português sorri pouco, entendo, nem que seja devido ao facto de pagarmos muitos impostos e termos muitos corruptos na política e respectivos compadres.

Mas, sorrir faz muito bem à nossa saúde e aos ambientes onde estamos inseridos. Não falo dos sorrisos amarelos, mas genuínos, bem verdadeiros, aqueles que fazem uma equipa elevar a sua auto-estima.

A alegria no trabalho, é uma emoção que gera outras emoções positivas e que galvanizam o ser humano para produtividades e rentabilidades muito superiores a quem infelizmente pouco sorri ou não gosta de sorrir. Terá as suas razões.

Podemos avisar os responsáveis que a ciência diz que rir faz bem. Os cientistas dizem que o riso pode ser a chave para formar equipas de trabalho mais fortes e criativas.

Admito que, em algumas empresas, ainda há a crença de que rir enquanto se trabalha é falta de respeito e/ou demonstra que o profissional não está a trabalhar. Um engano. O riso cria um ambiente agradável, relaxa e favorece a rapidez de raciocínio e a capacidade de encontrar soluções para determinado problema.

Sabemos que tudo tem o seu momento e a sua hora. Em determinadas situações é necessário concentração e foco e isto não é sinónimo de mau humor e cara feia.

O riso proporciona vantagens para a saúde física pois reduz a dor ( liberta endorfinas, melhorando a função imunológica), diminui as hormonas do stress e reduz a pressão arterial ao aumentar o fluxo sanguíneo.

O riso também traz benefícios sociais: fortalece as relações entre as pessoas, melhora o trabalho em equipa, ajuda a resolver os conflitos, promove a união do grupo.

Transcrevo uma boa reflexão a respeito do riso no ambiente de trabalho, retirado do livro de Daniel Goleman, Richard Boyatzis e Annie Mckee - Os Novos Líderes.
"Em qualquer local de trabalho, o barulho dos risos é um indicador da temperatura emocional do grupo, proporcionando um sinal seguro de que as pessoas estão envolvidas com o coração e não só com a cabeça. Além disso, rir no trabalho tem pouco a ver com pessoas que contam anedotas: num estudo sobre 1200 episódios de riso em situação de interacção social, o riso surgiu quase sempre como reacção a observações vulgares do tipo “prazer em vê-lo” e não como reacção a gracejos. Uma boa gargalhada transmite uma mensagem amistosa que dá segurança: estamos na mesma onda, entendemo-nos bem. Indica confiança, bem-estar mútuo, sentimentos comuns sobre o mundo; tal como o ritmo de uma conversa, rir é um sinal de que, de momento, está tudo bem.”

Vejamos, uma simples risada move 28 músculos da face. Um deles, o zigomático, eleva os cantos dos lábios. Já o orbicular faz os olhos se contraírem, formando o famoso pé-de-galinha. É ele o responsável pelo verdadeiro sorriso, aquele que demonstra a emoção pura.

Isso porque ele se contrai e se distende involuntariamente. O sorriso sincero cria empatia. “O sorriso une as pessoas”, diz o médico Eduardo Lambert, autor do livro “A Terapia do Riso” (Editora Pensamento).

Quem trabalha numa empresa de cultura mais sisuda e já teve a oportunidade de conhecer um ambiente de trabalho mais descontraído, onde há bom humor e risadas são permitidas, nota logo a diferença. Alguns estudos recentes comprovam que sorrir ajuda a fazer conexões, dá dinheiro e, além de tudo, faz bem à saúde.

Apresento algumas razões para rir no trabalho:

1 - Mais sérias - 84% dos homens afirmam rir muito. Já entre as mulheres, apenas 68% dizem o mesmo. Elas acreditam que é arriscado demonstrar muita alegria no trabalho, cai mal. Enganam-se: os homens entrevistados afirmam que não as considerariam menos sérias ou menos competentes se elas rissem com mais frequência.

2 - O Boss ri, todos riem - O escritor americano Robert R. Provine, autor do livro “Laughter: A Scientific Investigation” (“Risada: uma investigação científica”, em tradução literal para o português), descobriu o que todo funcionário já sabe: quando o líder diz uma piada, os seus funcionários riem muito mais do que quando um colega conta a mesma anedota.

3 - Sorrir faz bem ao coração - Ao comparar as atitudes de 150 pessoas que sofreram infarto e 150 pessoas sadias, Michael Miller, cardiologista da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, chegou a uma conclusão: quem dá mais gargalhadas evita problemas cardíacos.

4- Quem ri por último ganha mais - O pesquisador Fábio Sala, da Universidade de Boston (EUA), conduziu um estudo com executivos avaliados como excelentes e medianos. Os profissionais acima da média foram, durante a entrevista, duas vezes mais bem-humorados que os executivos de desempenho mediano. Ao analisar os salários dos entrevistados, Fábio percebeu que os que riram mais ganham mais.

Portanto, ria, mas ria com entusiasmo, não seja palhaço de si próprio e não esqueça que mais vale cair em graça do que ser engraçado.

Mas sim, faz muito bem sorrir e encontramos muitas pessoas que o sorriso lá está, mas por diversos motivos custa a sair.

Ainda não pagamos impostos por sorrir e pensar, graças a Deus. Apresentei, aqui, algumas razões para sorrir no trabalho. Sorrir faz bem, estejamos numa empresa, num grupo de amigos, em casa, enfim..."

E para finalizar, não se esqueçam de me ajudar na divulgação desta matéria, tornando-se também, SEGUIDORES do blog Espaço do Riso, para acompanhar tudo o que rola sobre os benefícios que o Riso e Bom Humor proporcionam à nossa saúde e relacionamentos pessoais e profissionais.

Sempre que precisar realizar eventos motivacionais, lembre-se de Marcelo Pinto – www.palestrantedobomhumor.com.br ! Desenvolvemos palestras e treinamentos criativos e com uma das melhores relações investimento x benefício existentes no mercado.

Abraços, SORRIA E TENHA UM BOM DIA ®

ATENÇÃO! O Blog Espaço do Riso não tem como objetivo diagnosticar ou tratar qualquer tipo de doença ou problemas físicos. Os artigos do blog são extraídos da própria internet, jornais e revistas. "Eles não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas".

domingo, 7 de julho de 2019

Doutor Risadinha reforça: O que faz um relacionamento durar é fazer seu parceiro rir

Oi Pessoas risonhas, tudo bem? Hoje compartilho com vocês matéria traduzida do original de VIX espanhol, da autora Raquel Ortiz, traduzida por Paulo Nobuo e publicada em 06/julho/2019 com o título: “O que faz um relacionamento durar é contar piadas e fazer seu parceiro rir, diz a ciência”. Segue abaixo na íntegra:
"Eu desejo um parceiro que tenha bom humor". Muitos de nós repetimos essa frase quando nos perguntam o que procuramos em uma pessoa. Isso porque acreditamos que um par divertido encherá nossos dias amargos e cinzentos de risos e alegrias. Mas será que isso tem fundamento científico?

Um estudo da Universidade de Kansas descobriu que o fator que influencia significativamente a satisfação e o sucesso de um relacionamento é, de fato, o humor que os casais desfrutam juntos. Mas existe um segredo: o senso de humor deve ser compartilhado. Quando os dois riem e curtem uma piada, estão em verdadeira conexão.

Além disso, uma pesquisa que contou com 15.177 participantes mostrou que um clima positivo compartilhado entre o casal está diretamente associado ao sucesso do relacionamento.

Compartilhar uma boa risada cria um fator extremamente importante na união, segurança e confiança de um casal. Outro estudo também mostrou que quando duas pessoas riem juntas, elas demonstram maior interesse uma pela outra.

Os casais que realmente compartilham essa conexão divertida sabem como "provocar" uns aos outros e sabem reconhecer limites. Lembre-se que seu parceiro nunca deve ser alvo de todas as piadas. Um senso de humor agressivo é um mau sinal para o relacionamento.

O médico em Relacionamentos e Interação Social Jeffrey Hall afirma que o importante é que ambos compartilhem o mesmo senso de humor para que esta forma de relacionamento seja afirmada através do riso. Não se trata de ser um grande comediante, mas sim de encontrar o que é divertido no cotidiano e aproveitar disso lado a lado, afirma o especialista.

E para finalizar, não se esqueçam de me ajudar na divulgação desta matéria, tornando-se também, SEGUIDORES do blog Espaço do Riso, para acompanhar tudo o que rola sobre os benefícios que o Riso e Bom Humor proporcionam à nossa saúde e relacionamentos pessoais e profissionais.

Sempre que precisar realizar eventos motivacionais, lembre-se de Marcelo Pinto – www.palestrantedobomhumor.com.br ! Desenvolvemos palestras e treinamentos criativos e com uma das melhores relações investimento x benefício existentes no mercado.

Abraços, SORRIA E TENHA UM BOM DIA ®

ATENÇÃO! O Blog Espaço do Riso não tem como objetivo diagnosticar ou tratar qualquer tipo de doença ou problemas físicos. Os artigos do blog são extraídos da própria internet, jornais e revistas. "Eles não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas".

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Doutor Risadinha destaca: “O líder comprometido é aquele que traz a alegria para o mundo do trabalho”

Bom dia Pessoas Risonhas! Conforme publicado ontem (04/07/19) no site da Exame, por Camila Pati, esta é a reflexão sobre liderança de que Mario Sergio Cortella mais gosta: “O líder comprometido é aquele que traz a alegria para o mundo do trabalho, sem que essa alegria se transforme em descompromisso, em frouxidão daquilo que precisa ser feito.Para quem já assistiu minhas palestras sobre Liderança, preciso dizer mais alguma coisa?


E para finalizar, não se esqueçam de me ajudar na divulgação desta matéria, tornando-se também, SEGUIDORES do blog Espaço do Riso, para acompanhar tudo o que rola sobre os benefícios que o Riso e Bom Humor proporcionam à nossa saúde e relacionamentos pessoais e profissionais.

Sempre que precisar realizar eventos motivacionais, lembre-se de Marcelo Pinto – www.palestrantedobomhumor.com.br ! Desenvolvemos palestras e treinamentos criativos e com uma das melhores relações investimento x benefício existentes no mercado.

Abraços, SORRIA E TENHA UM BOM DIA ®

ATENÇÃO! O Blog Espaço do Riso não tem como objetivo diagnosticar ou tratar qualquer tipo de doença ou problemas físicos. Os artigos do blog são extraídos da própria internet, jornais e revistas. "Eles não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas".